Neste artigo iremos discutir quesitos na perícia médica judicial. Os temoas perícia médica e assistente técnico serão discutidos separadamente. (Ver Perícia Médica Judicial, Entenda Tudo! e Assistente Técnico Na Perícia Judicial (Trabalhista ou Cível)

O Que São Quesitos Na Perícia Médica?

São perguntas realizadas para o médico perito. Elaboradas por um profissional experiente, podem mudar completamente a direção da perícia médica.

Diferença entre Quesitos Regulares, Complementares, Suplementares e Esclarecimento (Novo CPC)

Quesitos Regulares

São os primeiros apresentados, logo depois da nomeação do perito.

Art. 465. O juiz nomeará perito especializado no objeto da perícia e fixará de imediato o prazo para a entrega do laudo.
§ 1o Incumbe às partes, dentro de 15 (quinze) dias contados da intimação do despacho de nomeação do perito:
III – apresentar quesitos.

Quesitos Suplementares

São quesitos para complementar os iniciais. Podem ser apresentados até a audiência de instrução.

Art. 469. As partes poderão apresentar quesitos suplementares durante a diligência, que poderão ser respondidos pelo perito previamente ou na audiência de instrução e julgamento.

Quesitos Complementares

Nome usado por força do hábito, apresenta o mesmo significado dos quesitos suplementares, mas não são previstos em nossas normas legais.

Quesitos de Esclarecimento

Apresentados depois que o perito protocolou o laudo.

Art. 477.  O perito protocolará o laudo em juízo, no prazo fixado pelo juiz, pelo menos 20 (vinte) dias antes da audiência de instrução e julgamento.
§ 1o As partes serão intimadas para, querendo, manifestar-se sobre o laudo do perito do juízo no prazo comum de 15 (quinze) dias, podendo o assistente técnico de cada uma das partes, em igual prazo, apresentar seu respectivo parecer.
§ 2o O perito do juízo tem o dever de, no prazo de 15 (quinze) dias, esclarecer ponto:
I – sobre o qual exista divergência ou dúvida de qualquer das partes, do juiz ou do órgão do Ministério Público;

Considerações

Na prática o importante é saber que quesitos podem ser formulados em qualquer momento da perícia: antes, durante e depois.

O Que São Quesitos Impertinentes?

O juiz deve fixar o objeto da perícia, pois o perito deve ser especialista no assunto, caso não seja, o perito deve recusar sua nomeação. Deve o perito produzir laudo limitado ao objeto da perícia.  O magistrado pode fixar expressamente na decisão interlocutória ou formulando quesitos dos pontos controvertidos.

Quando as partes formulam quesitos que ultrapassam o objeto da perícia, temos quesitos impertinentes no processo.

Art. 465.  O juiz nomeará perito especializado no objeto da perícia e fixará de imediato o prazo para a entrega do laudo.
 
Art. 468. O perito pode ser substituído quando:
I – faltar-lhe conhecimento técnico ou científico;
 
Art. 470. Incumbe ao juiz:
I – indeferir quesitos impertinentes;
II – formular os quesitos que entender necessários ao esclarecimento da causa.
 
Art. 473. O laudo pericial deverá conter:
IV – resposta conclusiva a todos os quesitos apresentados pelo juiz, pelas partes e pelo órgão do Ministério Público.
§ 2o É vedado ao perito ultrapassar os limites de sua designação, bem como emitir opiniões pessoais que excedam o exame técnico ou científico do objeto da perícia.
Na prática o juiz não fixa o objeto da perícia, raramente faz quesitos, e as partes produzem quesitos sobre qualquer assunto. Nunca contemplamos um juiz indeferindo quesitos impertinentes e quando o perito se recusa a respondê-los, o laudo é impugnado.

Quesito Prejudicado

Alguns quesitos começam com uma condição que pode não ser atingida. Ex.: se hoje for sábado, qual a programação da TV? Se em algum quesito anterior foi respondido que hoje é sexta, nesse quesito o perito pode responder “quesito prejudicado”, já que a condição inicial não foi alcançada.

Na prática essa resposta promove mais confusão do que solução. No exemplo anterior eu prefiro responder “hoje não é sábado”.

Prazo para Apresentação de Quesitos (Novo CPC)

São 15 dias (NPCP, Art. 465, paragrafo 1º,  inciso III).

Quesitos Não Respondidos

Faz parte da boa prática o perito responder objetivamente todos os quesitos, contanto que sejam sobre o objeto da perícia.

Art. 473. O laudo pericial deverá conter:
IV – resposta conclusiva a todos os quesitos apresentados pelo juiz, pelas partes e pelo órgão do Ministério Público.

Quesitos Mais Comuns

Os quesitos mais frequentes em nosso escritório são:

  • Ortopedia
  • Dano Estético
  • Depressão
  • Perda Auditiva
  • Coluna Vertebral
  • Hérnia de Disco ou Discal
  • AVC
  • Aposentadoria por Invalidez
  • Justiça Trabalhista / Justiça do Trabalho
    • Acidente de Trabalho / Acidentária.
    • Doença do Trabalho / Doença Ocupacional
  • Hérnia Umbilical
  • Erro Médico

Como Elaborar Quesitos para Perícia?

Por se tratar de um assunto técnico o ideal é contratar um profissional com experiência em perícia médica.

Modelo de Petição de Quesitos

No artigo Assistente Técnico Na Perícia Judicial (Trabalhista ou Cível) temos um modelo.

Precisa de Um Médico Assistente Técnico?

Nossa empresa é especializada em defesa de perícia médica judicial. Estamos à disposição.